28 maio 2010

Marcianos invadem a terra...

Andando, vi duas pessoas morrendo de dó de um carro novo que tinha sido amassado.
Vi um bicho, com feridas abertas, comendo lixo.
Não vi ninguém com dó do bicho, e ele também era novo...

"O bicho, meu Deus, era um homem."

Prefiro acreditar que o problema é a sociedade...
Por que se forem as pessoas, é triste demais, eu desisto.

"O Bicho

Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem."
-Manuel Bandeira

2 comentários:

Guilherme disse...

....e o carro, meu Deus, era um fusca!!!! ehauhseuahuseahu

Mariana M. Thomé disse...

Adorei a analogia...